segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Cap. 5 – Planos



Capitulo 5 – Planos

Acabei ajudando ela com a limpeza da casa, e ficamos mais próximos, e era isso que eu sentia falta, a ajudei a limpar as manchas de sangue do chão e da cama e a tirar aquele cheiro horrível da casa.
-Pronto agora sim o cheiro da casa está melhor!
-Aham.
-Agora sim eu vou pra casa! – afirmei. – E nem venha me pedi para ficar mais!
-Então posso ir junto? – perguntou ela.
-Pode.
Ela arrumou uma mochila com as coisas da escola, uma troca de roupas e fomos para minha casa, e durante o caminho conversamos s obre várias coisas, mas não saiamos basicamente do assunto das mortes.
-É tão bom ter um amigo por perto! – afirmou ela.
-É também acho!
-Fofo!
Chegando em casa, ficamos no quarto, comendo pizza e jogando videogame.
...
...
Depois de um tempo eu fui tomar banho, mas eu acabei me esquecendo da roupa no quarto, então eu tive que voltar só de toalha para lá.
-Nossa! – comentou a Luna, parando de jogar, pra me olhar.  – Que sexy!
-Cala a Boca Luna! – rebati.
Peguei a primeira roupa que achei e voltei para o quarto.
-Ah! – reclamou ela. – Estava melhor só de toalha!
-Fica quieta!
Eu deitei na cama e fiquei olhando ela jogar, mas logo ela parou e desligou o videogame.
-Porque parou? – perguntei.
-É chato só perder!
Rimos juntos e ficamos nos olhando por um tempo.
-Você está cansado? – ela perguntou.
-Um pouco!
-Quer que eu te relaxe um pouco?
Ela começou a me acariciar e a me beijar.
-Não Luna! Chega! – reclamei e me virei na cama.
-Tá né!
Eu e ela fomos dormir depois de tanto conversar, e novamente ficamos abraçados, e nos dois só de roupa intima, como dormíamos, quando crianças.
Alguns dias se passaram, e retomamos a rotina normal, como se nada tivesse acontecido, mas a escola toda estava de luto pela morte de Rachel e sua família. E eu e a Luna estávamos próximos novamente.
-Renan, vamos nos afastar por um tempo! – pediu ela.
-Porque?
-Estou com umas ideias!
-Em quem você está pensando...
-Relaxa! Confia em mim! – disse ela saindo.
-Toma cuidado.
-Pode deixar!
Com certeza ela estava bolando mais alguma morte e estava me evitando por algum motivo, e mesmo que eu tentasse descobrir, eu não conseguia descobrir, mas mesmo assim não foi muito necessário, pois uns dias depois eu fui convidado à participar:
“Oi Renan,
Te espero as 9 em casa, entre pela porta dos fundos, e seja discreto, cuidado para não ser visto, pelo nosso convidado especial!
Beijos, até mais tarde!”
Disse ela na mensagem.
E mais uma vez eu estava me metendo em mais uma limpeza e despacho de defunto.
...
...
Capitulo 6 – Bread
Temos?
É temos!...
...

Nenhum comentário :