domingo, 28 de outubro de 2012

Cap. 4 – Amigos



Capitulo 4 – Amigos

- Temos? – perguntou ela sorrindo. – Você não disse que não me ajudaria, ou mudou de ideia?
-Eu me confundi! – retruquei. – Você vai dar um jeito nisso! – me corrigi. – Bom eu vou pra casa!
-Não! – disse ela me segurando.
-Eu estou cansado, vou ir pra casa e descansar.
-Não! Fica comigo! – pediu ela. – Pelo menos essa noite, depois de manha você vai.
-Eu não sei Luna, melhor não!
-Relaxa, eu não vou te matar! Você não!
-Eu sei, mas ...
-Fica!
...
...
Ficamos acordados até tarde, e depois fomos dormir, ela me abraçou e depois eu a abracei.
Na manha seguinte, eu acordei antes que ela, então decidi ir para a casa, tentei levantar da cama, sem acorda-la mas não deu muito certo, ela acabou acordando.
-Onde você vai? – perguntou ela me encarando.
-Para a casa! – afirmei.
-Vamos tomar café, depois você vai!
-Não eu já fiz oque combinamos, eu iria dormir e de manha eu iria embora.
-Mas se você tomar café da manha e depois ir, ainda seria de manha.
-Não, eu vou pra casa! – falei colocando os tênis.
-Por favor Renan, eu sou tão chata assim?
-Não, mas ...
-Então eu vou preparar o café da manha!
Ela levantou da cama, e logo desceu e eu com uma longa enrolação desci. Ela ainda estava de lingerie.
-Não dá pra você colocar uma roupa?
-Porque? – perguntou ela se virando pra mim.
-Você está, está, tirando ... um pouco do meu foco! – afirmei.
-Ah desculpa! Vou colocar uma roupa rapidinho! – ela abandonou a cozinha e me deu um beijo na bochecha.
Logo ela retornou a cozinha e agora vestida, a mesma roupa de ontem, provavelmente ela deve ter pegado do chão.
-Pronto Renan, melhorou? – perguntou ela sorrindo.
-Obrigado!
Ela terminou de fazer o café e então sentamos no sofá da sala para comer.
-E agora oque você vai fazer? – perguntei.
-Sobre?
-Seus pais! Um dia vão vir atrás deles.
-Eu direi que estão viajando!
-Mas um dia isso não dará, mais certo!
-Então eu inventarei outra desculpa!
Ficamos quietos por um momento e depois fiz mais uma pergunta.
-Porque você está matando?
-Cansei de ser boazinha! Faz anos que aquento eles, e agora estou de saco cheio!
-E já tem alguém de próximo na lista?
-Não sei! Quem você sugere?
-Me tira dessa!
Ela sorriu e continuou a comer.
O combinado era eu ficar só até o café da manha terminar, mas por algum motivo acabei ficando por mais tempo.
Acabei ajudando ela com a limpeza da casa, e ficamos mais próximos, e era isso que eu sentia falta, a ajudei a limpar as manchas de sangue do chão e da cama e a tirar aquele cheiro horrível da casa.
-Pronto agora sim o cheiro da casa está melhor!
-Aham.
-Agora sim eu vou pra casa! – afirmei. – E nem venha me pedi para ficar mais!
-Então posso ir junto? – perguntou ela.
-Pode.
Ela arrumou uma mochila com as coisas da escola, uma troca de roupas e fomos para minha casa, e durante o caminho conversamos s obre várias coisas, mas não saiamos basicamente do assunto das mortes.
-É tão bom ter um amigo por perto! – afirmou ela.
-É também acho!
-Fofo!
Chegando em casa, ficamos no quarto, comendo pizza e jogando vídeo-game.
...
...
Capitulo 5 – Planos
Te espero as 9 ...
...

Um comentário :

Evellen disse...

To amando essa Web-Série *--*, tá ótima ela, tá de parabéns, você escreve cada história uma melhor que a outra.

beijoos ;*
garotanadanormal.blogspot.com.br