quinta-feira, 14 de junho de 2012

Psychosocial - Prologo


Psychosocial

Prologo

Após sair do colégio, todos os dias, no parque, ficava a observar as pessoas, e naquele dia estava terminando de anotar em meu caderno, as informações sobre Margarete.
Uma prostituta de primeira,  educada, sofisticada e muito elegante, que trabalhava para a madame  Sofi – minha vitima anterior – ela só prestava serviços a clientes ricos e muito bem sucedidos, bonitos, exceto por um, Darren, um rapaz que não tinha muita grana, mas era uma ótima pessoa e ele nunca pegava aos serviços de Margarete, vai ver porque não havia serviços. Bom enfim assim era basicamente a vida dela, e como não tinha mais nada a saber sobre Margarete, decidi começar com minha próxima vitima.
Darren Christopher Sanches, mais conhecido como Mr. Chris.
Bom mas ainda é cedo para dizer algo sobre ele, vou dar uma pausa de uma semana e voltar a colher informações!
...
Fazer isso é bem melhor que ficar em casa, com a cara em um computador, pelo menos assim, eu consigo me divertir e andar por New York, descobrindo, oque muitas pessoas escondem.
Há há há há há, eu pareço um doente, mas quem saiba eu não seja!  Mas não sei porque mas acho que esse Darren ira me levar a uma história interessante! Bom vamos aguardar.
...
Ao voltar ao meu apartamento , eu só fiz um café e continuei lendo um de meus livros da estante empoeirada, no canto da sala.


Nenhum comentário :